segunda-feira, 30 de março de 2020

#COVID19: a União Europeia toma finalmente medidas



12 comentários:

Take Direto disse...

:)

PauloRodrigues disse...

Faz lembrar um prémio dado a um rapaz holandês de 11 anos, em 2015, que fez um desenho com a solução para os problemas da zona euro.
A UE apostada em tornar-se uma anedota.

https://youtu.be/FcYye5hDo4M

Anónimo disse...

Pilatos a toque de hino. Simbólicamente correcto, embora não no sentido que a presidente da comissão pretenderia.

Anónimo disse...

Bem pode é limpar as mãos à parede, depois de o orgão a que preside ter pedidos 63 vezes a redução das despesas com a saúde no período entre 2011 e 2018:

https://braveneweurope.com/emma-clancy-austerity-kills-eu-commission-demanded-cuts-to-public-healthcare-spending-63-times-from-2011-2018

Clara operação de branqueamento quando a culpa do elevado número de mortos é também responsabilidade de quem exigiu cortes orçamentais profundos e repetidos na área da saúde aos países periféricos.
E não assumem nenhuma responsabilidade. Nada aprendem, apenas trauteiam o hino. Bethoven sentir-se-ia insultado com tamanho desplante.

Anónimo disse...

Sugiro ao Paulo Coimbra que junte esta imagem ao post para melhor compreensão.
http://media.salemwebnetwork.com/cms/CW/faith/30830-pilate-washinghands.1200w.tn.jpg
Ou outra semelhante.

Geringonço disse...

O mal da responsabilidade do fanatismo europeísta-austeritário não desaparece com água e sabão...

Paulo Coimbra disse...

Anónimo das 15:43,

Agradeço a sua sugestão mas tenho a ideia que as pessoas de um modo geral percebem o post. Para as outras, as que podem não perceber, fica a recomendação, boa, de que lavem bem mãos. Nada se perde, tudo se transforma :)

Abraço

Anónimo disse...

@Paulo Coimbra

Tem razão! A vantagem do símbolo é também a sua ambiguidade: A cada um segundo a sua massa cinzenta! LOL

OakWood disse...

[Palavrão começado por efe em conjugação reflexa], esta [porcaria com éme] é um horror propagandístico. Vou ter pesadelos com isto.

Anónimo disse...

O facebook não deixa partilhar!

Anónimo disse...

O facebook não deixa partilhar!

Buiça disse...

A Alemanha por exemplo reduziu a sua dívida de 80% para 59% do PIB nesse período. E agora tem folga para apoiar e investir onde for preciso. Com sorte nem fecham a autoeuropa, a bosch, etc. A história da cigarra e da formiga não é assim tão complicada. E só na visão míope de quem não se governa é que a "Europa" é esse eterno contar com as poupanças dos outros.