segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Desporto para a juventude

O Nuno Teles já tinha assinalado uma estranha previsão que consta do OE para 2012: "Em 2011, o produto contrai 1,9% e o desemprego cresce 1,5 pontos percentuais, mas em 2012 o produto cai 2,8% e o desemprego só aumenta 1 ponto percentual". Conclusão: "o governo deve estar a prever emigração maciça". Na realidade, o governo do empobrecimento desigual não se limita a prever. Tem a palavra o secretário de estado da juventude e do desporto: "Se estamos no desemprego, temos de sair da zona de conforto e ir para além das nossas fronteiras."

6 comentários:

Luís Coelho disse...

Mas o governo continua na boa e não falam em despedimentos...
Cá para mim vieram para ficar e nós...?

O melhor mesmo é fazer as malas e abalar.
Este país já não é nosso, foi hipotecado e agora vendem-no a retalho

Anónimo disse...

Pois,entretanto o pessoal das antigas colonias parece que encontraram o paraíso cá,em comparação com o terceiro mundo até pode ser,mas não para os portugueses!?

Anónimo disse...

Socorrro que estes bandidos estão a matar Portugal.!

Mandar a abaixo este governo é hoje um imperativo moral.

Anónimo disse...

Para quando um artigo sobre a Goldman Sachs. Estes sim são os verdadeiros causadores/beneficiadores da "crise" !!

Anónimo disse...

Gui11o44ina!j4!!!

José Lopes disse...

"Zona de conforto???????" Só se for em casa do sr. Secretário de Estado! Até me estão a subir à cabeça umas piadolas sobre o assunto!Por respeito ao "Ladrões", fico-me por aqui...