terça-feira, 29 de março de 2011

Fazer acontecer o improvável


Os Irlandeses foram obrigados pela União Europeia, pelo FMI e pelo seu governo a pagar as dívidas dos “seus” bancos. Não tinha de ser assim. As perdas dos bancos Irlandeses poderiam ter recaído sobretudo sobre os accionistas dos bancos irlandeses e sobre os seus credores.

Mas como os credores dos bancos irlandeses são bancos e fundos ingleses, alemães, franceses… a UE e o FMI (verdade seja dita mais a UE do que o FMI) achou que tinham de ser os irlandeses a pagar e o governo de turno na Irlanda achou que não havia alternativa.

Depois disto os Irlandeses mudaram de governo de turno dando um sinal de que não estariam dispostos a ver a brincadeira repetir-se.

Agora descobriu-se uma nova cratera de 20 mil milhões nos bancos irlandeses. A UE fez saber que só estava disposta a contribuir se a Irlanda deixasse de praticar o dumping fiscal que esteve associado ao seu milagre falhado. O governo de turno considera que o dumping fiscal é um interesse vital Irlanda (não discuto agora isso). Mas sabe também que a paciência dos irlandeses tem limites. Por uma e outra razão fez saber em Bruxelas, como o João Rodrigues já assinalou hoje, que desta vez queria partilhar os custos com os credores.

Parece que a ameaça foi feita de forma credível. Da noite para o dia, como nos conta Sérgio Aníbal no Público, o BCE apareceu com um programa de financiamento a médio prazo para os bancos, em complemento do financiamento a curto prazo que tem vindo a praticar. Da noite para o dia o BCE passou das ameaças de corte da liquidez para a banca para um programa de financiamento a médio prazo. Os irlandeses fizeram acontecer o impossível. Como não podem existir programas do BCE aplicáveis apenas a casos particulares, o novo programa do BCE terá de ser extensível a todos os bancos em dificuldades. À boleia, os bancos portugueses, espanhóis e sabe-se lá que bancos mais, agradecem. Nós devemos agradecer também.

Ele há coisas que acontecem que são inspiradoras e fazem surgir alternativas quando menos se espera. Entretanto o mesmo BCE que financia os bancos a curto (e agora) a médio prazo continua impedido pelos tratados de financiar directamente os estados. É muito improvável que quem manda na Europa altere esta cláusula dos tratados. Sabemos que é absurdo não o fazer, mas, dizem-nos, é a dura realidade. O que é que poderá ser feito para que o improvável aconteça desta vez no que diz respeito, não à dívida dos bancos, mas à dívida dos estados?

60 comentários:

Eduardo disse...

Então e esses credores dos bancos irlandeses, os bancos e fundos ingleses, alemães, franceses..., a quem é que iam pedir ajuda quando falissem, aos seus accionistas? E aí por diante? Não iam chegar aos depositantes? O seu argumento é brilhante...

maria povo disse...

Tornar o "impossivel", possivel!!!

conto convosco!!!

pjorge disse...

é só imprimir mais papel que os problemas se resolvem. dispara a inflacção

José M. Castro Caldas disse...

Caro Eduardo e restantes crentes na ideia de que o dinheiro não cai do céu,

Lamento ter de os informar que o BCE e os restantes bancos centrais têm vindo a emprestar dinheiro a rodos aos bancos que é utilizado por eles para pagar aos seus credores e que esse dinheiro não sai de nenhuns cofres que existam no BCE. É apenas registado contabilisticamente como crédito do BCE aos Bancos e uma dívida destes ao BCE.

Para os que acreditam na teoria quantitativa da moeda, a hiperinflação já devia estar instalada a esta hora.

De resto, pensar o que aconteceria a uma economia se todas as dívidas fossem riscadas de repente é um exercício intelectual interessante. É provavel que a "confiança" dos credores liquidos que no final fossem afectados saisse diminuida e que eles ficassem com pouca vontade de emprestar dinheiro. Mas por outro lado, se eles não emprestassem o dinheiro que lhes sobra, o que iriam fazer com ele? Enterra-lo para todo o sempre? Consumi-lo? Talvez investi-lo? Ou pensando bem, empresta-lo de novo. Uma coisa é certa: os braços e as cabeças para trabalhar, a terra, as máquinas e os equipamentos continuariam no mesmo sítio.

Maquiavel disse...

e MAINADA, Castro Caldas!

Pedro Veiga disse...

De facto tudo parece ser um truque de magia, mas não é! Esta será a única forma de os estados saírem do aperto em que estão e finalmente poderem ajudar a economia a crescer, ou pelo menos, evitar a sua recessão como a que já está instalada por cá!

CS disse...

Vamos ver: está por demonstrar que a falência dos bancos irlandeses não prejudicasse antes de mais os depositantes irlandeses: pessoas, reais, trabalhadoras, dependentes, pensionistas, etc. Haveria fundos prejudicados? Com certeza. Mas a tese de default de José Castro Caldas assume que os depositantes de maior magnitude prejudicados serem bancos e fundos legitima o ataque aos pequenos depositantes. E isso é selvático!
Quanto à teoria quantitativa, lamento que Castro Caldas não compreenda a origem das bolhas especulativas. Friedman só estava errado na definição de inflção. Uma subida do preço do ouro resultante do excesso de dinheiro na China gera um problema tão "baseado na teoria quantitativa" como o boom de Wall Street. O problema é o excesso de crédito. E isso resolve-se de modo simples: limitando o acesso ao crédito. No limite, a ideia austríaca de reservas a 100% fariam melhor pela economia do que todo o crédito que permitiu a situação em que por exemplo Portugal se encontra.
Já agora, caro JCCaldas: a inflação na Europa está aí e a subir.

Anónimo disse...

Caro Castro Caldas, a falência dos bancos credores não chegaria aos contribuintes? Refiro-me aos resgates para o evitar. Bancos portugueses, gregos espanhóis...irlandeses...

Jorge Rocha

José M. Castro Caldas disse...

Caro CS,
Não vale assustar.
1º Mesmo quando há falência de um banco existe um fundo de garantia dos depósitos até certo montante.
2º Ninguém falou em falências. Os bancos resgatados não tinham de falir, podiam ser nacionalizados sem indemnização para os accionistas (já que estavam virtualmente falidos) e a sua divida podia ser reestruturada com a aplicação do chamado “corte de cabelo” a alguns obrigacionistas.
3º Não vejo, em qualquer caso, incluindo o caso extremo de falência, onde está a violência contra os pequenos depositantes. Afinal onde está a selvajaria?
4º Não sou certamente eu quem vai resolver as controvérsias teóricas em torno da relação entre moeda e inflação. Evoco apenas a evidência empírica que não confirma a histeria com o perigo da inflação.
5º 2,4% é inflação que preocupe? 0,4% acima da arbitrária meta do BCE quando o petróleo e as matérias-primas não param de subir?
6º Há perigo de inflação induzida pela expansão monetária, mas em contexto de pleno emprego, não no mundo como está hoje.

E agora para algo con pateta mente diferencial disse...

As perdas dos bancos Irlandeses poderiam ter recaído sobretudo sobre os accionistas dos bancos irlandeses e sobre os seus credores.

e sobre 2 milhões de depositantes com 120mil milhões em depósitos
empresas incluídas....pois podia

não era grande ideia mas podia

e quem lhes emprestava dinheiro depois

a taxa de câmbio na Islândia anda a oscilar entre os 4 e os 4,5%

o valor médio por depósito desceu em valor relativo em 50%

convertendo para libras o valor desce 80%

a taxa de juro está a 5,9%

a inflação anda por aí

felizmente são 300mil só para alimentar com 100mil km2

Anónimo disse...

Caro Prof. José M. Castro Caldas:
Tenho um familiar que aplicou muito recentemente as poupanças nos recém-criados Certificados do Tesouro.
Está em pânico e não os pode levantar devido ao período de carência de 6 meses.
É caso para pânico?
Obrigado.
Manuel Figueira

E agora para algo con pateta mente diferencial disse...

José M. Castro Caldas disse...


Não vale assustar.
1º Mesmo quando há falência de um banco existe um fundo de garantia dos depósitos até certo montante.
Irish Allied Bank era de 20 mil libras em 1992 convertido seria de 25 000euros

mas em 2009 garantiram a totalidade dos depósitos

120mil milhões garantidos em caso de falência

pois ....
quem garante o fundo é geralmente o estado
com racios de capital próprio inferiores a 1/10 nenhum banco pode garantir o dito reembolso


2º Ninguém falou em falências. Os bancos resgatados não tinham de falir, podiam ser nacionalizados

como o BPN e a sua divida podia ser reestruturada com a aplicação do chamado “corte de cabelo” a alguns obrigacionistas.
obrigações que valem zero faz-se um corte de 89% e pagam-se 11% de 0

3º Não vejo, em qualquer caso, incluindo o caso extremo de falência, onde está a violência contra os pequenos depositantes. Afinal onde está a selvajaria?

Alemanha 1921 até 1949 muitos guardavam o $ em casa

devido à hiper-inflacção nos anos 20 e às falências dos anos 30

perda de confiança nos bancos durante uns tempinhos....


4º Não sou certamente eu
o médico ou o advogado ou outro qualquer com o mesmo sobrenome


6º Há perigo de inflação induzida pela expansão monetária,

só?

as conferências de economia política não passaram pelo klondike

escassez de bens mesmo com manutenção da massa monetária levam a....

CS disse...

Caro José Castro Caldas,

Qualquer meta de inflation targeting seria arbitrária segundo esse critério. A literatura não é esclarecedora se 2% representa mais em custos que 4%, em matéria de shoe lather costs. O problema, é que este raciocínio, como compreende bem, acaba por não ter tecto.
Quanto ao fundo de garantia de depósitos, tudo depende do que considerarmos pequenos aforradores. Eu considero um depósito uma aplicação que deve ter risco nulo. Nesse sentido todo o depósito devia ser integralmente reembolsado.
Não questiono que a situação é diferente com accionistas e obrigacionistas: porque em ambos os casos há uma aplicação de risco. Remunerado nos obrigacionistas pela yield implícita, que incorpora o prémio de risco. Agora, se alguém deposita, nem que seja um jackpot do Euromilhões, tem direito a tê-lo de volta. De outro modo, como pode esperar que esse jackpot não ficasse melhor numa bolha de ouro? E aí não servia qualquer financiamento produtivo.
Eu seria favorável a uma distrinça clara de aplicações de risco e aplicações sem risco. Ninguém faz depósitos a ordem ou a para suportar risco.

José M. Castro Caldas disse...

Caro Manuel Figueira,

Enquanto os deuses não estiverem completamente loucos os Certificados do Tesouro, como de resto os pequenos depósitos bancários, serão uma aplicação segura.
Mas.. (caro CS) aplicações de poupança seguras são aquelas que a sociedade entender tornar seguras. Devemos estar dispostos a contribuir para a indemnização do tipo que ganhou o Euromilhões. Por que havíamos de o fazer? Se ele tem direito aos frutos da sua sorte, também deve poder sofrer as consequências do seu azar.

Já sabemos, não há segurança absoluta fora da segurança que a vida em sociedade nos pode dar. Nem se forem activos financeiros, nem se for terra ou ouro - o valor da terra ou do ouro pode descer. Mesmo o dinheiro num buraco pode ser roubado ou desvalorizado pela inflação.

Não existem garantias individuais para a segurança. A única segurança que podemos esperar é a que provem da inter-ajuda, da mutualização dos riscos no quadro da solidariedade espontânea e organizada (inclusive no quadro do Estado).

Pois é, andaram a enganar-nos: um indivíduo auto-suficiente só poderia ser ou um deus ou um… monstro. Trabalhamos uns para os outros e devemos cuidar uns dos outros. É tudo.

J.Martins disse...

Curso rápido de economia:
Um viajante chega a uma cidade e entra num pequeno hotel. Na recepção, entrega duas notas de 100 euros e pede para ver um quarto.
Enquanto o viajante inspeciona os quartos, o gerente do hotel sai correndo com as duas notas de 100 euros e vai à padaria ao lado pagar uma dívida antiga, exatamente de 200 euros.
Surpreendido pelo pagamento inesperado da dívida, o padeiro aproveita para pagar a um fornecedor uma dívida também de 200 euros que tinha há muito.
O fornecedor, por sua vez, pega também nas duas notas e corre à farmácia para liquidar uma dívida que tinha de 200 euros.
O farmacêutico, com as duas notas na mão, corre disparado e vai ao bordel ali ao lado liquidar uma dívida com uma prostituta. Coincidentemente, a dívida era de 200 euros.
A prostituta agradecida, sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde habitualmente levava os seus clientes. É que ultimamente não havia pago pelas acomodações. Valor total da dívida: 200 euros. Ela avisa o gerente que está pagando a conta e coloca as notas em cima do balcão.
Nesse preciso momento, o viajante retorna do quarto, diz não ser o que esperava, pega as duas notas de volta, agradece e sai do hotel.
Ninguém ganhou ou gastou um tostão, porém agora toda a cidade vive sem dívidas, com o crédito restaurado e começa a ver o futuro com confiança!
;)

CS disse...

"Porque deveríamos contribuir para a segurança do tipo que ganhou o Euromilhões?"
Porque ele não os roubou. E não os aplicou de forma a incorrer em risco. Além do mais o jogo contribui com impostos, e é um mecanismo de financiamento de solidariedade solicial.

"Se ele teve direito aos frutos da sua sorte, suportar o seu azar!"
Isto é uma polémica antiga. Eu subscreveria se o José Castro Caldas me respondesse porque devo eu contribuir para a manutenção artificial de empregos obsoletos? O mercado que permitiu o sucesso de uma empresa e dos seus trabalhadores, não me deu nada. Porque tenho eu de contribuir para o subsídio de desemprego de outros?
Se quer a discussão política, é uma coisa. Economicamente, a racionalidade de proteger os desafortunados é a mesma de proteger os que ganham o Euromilhões e o depositam num banco. Ou existe em ambos os casos, ou arranjo constitucional resultante é uma arbitrariedade política que define uns como "bons" e outros como "maus". Nessa dicotomia eu não entro...

CS disse...

Aliás se não fosse o capital de risco (especulativo por definição) como financiava a inovação? É um euromilhões como outro qualquer...

Anónimo disse...

1. Aurélio Fajardinho Diz:


Islândia. O povo é quem mais ordena. E já tirou o país da recessão

A crise levou os islandeses a mudar de governo e a chumbar o resgate dos bancos. Mas o exemplo de democracia não tem tido cobertura
Os protestos populares, quando surgem, são para ser levados até ao fim. Quem o mostra são os islandeses, cuja acção popular sem precedentes levou à queda do governo conservador, à pressão por alterações à Constituição (já encaminhadas) e à ida às urnas em massa para chumbar o resgate dos bancos.
Desde a eclosão da crise, em 2008, os países europeus tentam desesperadamente encontrar soluções económicas para sair da recessão. A nacionalização de bancos privados que abriram bancarrota assim que os grandes bancos privados de investimento nos EUA (como o Lehman Brothers) entraram em colapso é um sonho que muitos europeus não se atrevem a ter. A Islândia não só o teve como o levou mais longe.
Assim que a banca entrou em incumprimento, o governo islandês decidiu nacionalizar os seus três bancos privados – Kaupthing, Landsbanki e Glitnir. Mas nem isto impediu que o país caísse na recessão. A Islândia foi à falência e o Fundo Monetário Internacional (FMI) entrou em acção, injectando 2,1 mil milhões de dólares no país, com um acrescento de 2,5 mil milhões de dólares pelos países nórdicos. O povo revoltou-se e saiu à rua.

Lição democrática n.º 1:

Pacificamente, os islandeses começaram a concentrar-se, todos os dias, em frente ao Althingi [Parlamento] exigindo a renúncia do governo conservador de Geir H. Haarde em bloco. E conseguiram. Foram convocadas eleições antecipadas e, em Abril de 2009, foi eleita uma coligação formada pela Aliança Social-Democrata e o Movimento Esquerda Verde – chefiada por Johanna Sigurdardottir, actual primeira-ministra.
Durante esse ano, a economia manteve-se em situação precária, fechando o ano com uma queda de 7%. Porém, no terceiro trimestre de 2010 o país saiu da recessão – com o PIB real a registar, entre Julho e Setembro, um crescimento de 1,2%, comparado com o trimestre anterior. Mas os problemas continuaram.

(...)

Anónimo disse...

#2
Islândia. O povo é quem mais ordena. E já tirou o país da recessão # 2

Lição democrática n.º 2:
Os clientes dos bancos privados islandeses eram sobretudo estrangeiros – na sua maioria dos EUA e do Reino Unido – e o Landsbanki o que acumulava a maior dívida dos três. Com o colapso do Landsbanki, os governos britânico e holandês entraram em acção, indemnizando os seus cidadãos com 5 mil milhões de dólares [cerca de 3,5 mil milhões de euros] e planeando a cobrança desses valores à Islândia.
Algum do dinheiro para pagar essa dívida virá directamente do Landsbanki, que está neste momento a vender os seus bens. Porém, o relatório de uma empresa de consultoria privada mostra que isso apenas cobrirá entre 200 mil e 2 mil milhões de dólares. O resto teria de ser pago pela Islândia, agora detentora do banco. Só que, mais uma vez, o povo saiu à rua. Os governos da Islândia, da Holanda e do Reino Unido tinham acordado que seria o governo a desembolsar o valor total das indemnizações – que corresponde a 6 mil dólares por cada um dos 320 mil habitantes do país, a ser pago mensalmente por cada família a 15 anos, com juros de 5,5%. A 16 de Fevereiro, o Parlamento aprovou a lei e fez renascer a revolta popular. Depois de vários dias em protesto na capital, Reiquiavique, o presidente islandês, Ólafur Ragnar Grímsson, recusou aprovar a lei e marcou novo referendo para 9 de Abril.
Lição democrática n.º 3:
As últimas sondagens mostram que as intenções de votar contra a lei aumentam de dia para dia, com entre 52% e 63% da população a declarar que vai rejeitar a lei n.o 13/2011. Enquanto o país se prepara para mais um exercício de verdadeira democracia, os responsáveis pelas dívidas que entalaram a Islândia começam a ser responsabilizados – muito à conta da pressão popular sobre o novo governo de coligação, que parece o único do mundo disposto a investigar estes crimes sem rosto (até agora).
Na semana passada, a Interpol abriu uma caça a Sigurdur Einarsson, ex-presidente-executivo do Kaupthing. Einarsson é suspeito de fraude e de falsificação de documentos e, segundo a imprensa islandesa, terá dito ao procurador-geral do país que está disposto a regressar à Islândia para ajudar nas investigações se lhe for prometido que não é preso.
Para as mudanças constitucionais, outra vitória popular: a coligação aceitou criar uma assembleia de 25 islandeses sem filiação partidária, eleitos entre 500 advogados, estudantes, jornalistas, agricultores, representantes sindicais, etc. A nova Constituição será inspirada na da Dinamarca e, entre outras coisas, incluirá um novo projecto de lei, o Initiative Media – que visa tornar o país porto seguro para jornalistas de investigação e de fontes e criar, entre outras coisas, provedores de internet. É a lição número 4 ao mundo, de uma lista que não parece dar tréguas:

é que toda a revolução islandesa está a passar despercebida nos media internacionais.


http://www.ionline.pt/conteudo/113267-islandia-o-povo-e-quem-mais-ordena-e-ja-tirou-o-pais-da-recessao

sim so dep disse...

Completely perceive what your stance on this matter. Although I would disagree on some of the finer particulars, I believe you did an superior job explaining it. Certain beats having to research it on my own. Thanks. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

linkwheel disse...

Great write-up, I am a big believer in commenting on blogs to assist the weblog writers know that they?ve added one thing worthwhile to the world large net! (source roblox-cheats.com). Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

buy text ads disse...

Howdy, i learn your weblog often and i personal an identical one and i used to be just wondering in case you get loads of spam comments? If so how do you forestall it, any plugin or anything you possibly can advise? I get a lot lately it's driving me mad so any assistance is very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't much good supply like this.

buy text links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

contextual backlinks disse...

Hey cool blog, just questioning what anti-spam software you use for feedback because i get lots on my blog. Anyway, in my language, there should not much good supply like this.

sell text links disse...

Howdy, i learn your weblog often and i personal an identical one and i used to be just wondering in case you get loads of spam comments? If so how do you forestall it, any plugin or anything you possibly can advise? I get a lot lately it's driving me mad so any assistance is very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't much good supply like this.

text ads disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

text link disse...

Hey cool blog, just questioning what anti-spam software you use for feedback because i get lots on my blog. Anyway, in my language, there should not much good supply like this.

buy contextual links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve acquired one thing good here. However what if you happen to added a pair links to a web page that backs up what youre saying? Or perhaps you possibly can give us something to take a look at, something that would join what youre saying to one thing tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there will not be a lot good supply like this.

buy text ads disse...

Howdy, i learn your weblog often and i personal an identical one and i used to be just wondering in case you get loads of spam comments? If so how do you forestall it, any plugin or anything you possibly can advise? I get a lot lately it's driving me mad so any assistance is very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't much good supply like this.

buy text links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

contextual backlinks disse...

Hey cool blog, just questioning what anti-spam software you use for feedback because i get lots on my blog. Anyway, in my language, there should not much good supply like this.

contextual links disse...

Unbelievable submit! This could support a number of individuals find out about this matter. Do you need to incorporate video clips along with these? It could undoubtedly help out. Your purpose was spot on and owing to you; I most likely won't have to explain all the pieces to my pals. I can merely direct them here. Anyway, in my language, there will not be a lot good source like this.

text link disse...

Took me time to learn all the comments, but I actually loved the article. It proved to be very helpful to me and I'm positive to all of the commenters here! It is all the time good when you cannot solely be told, but in addition engaged! I'm certain you had joy scripting this article. Anyway, in my language, there usually are not a lot good source like this.

text links disse...

Great write-up, I am a big believer in commenting on blogs to assist the weblog writers know that they?ve added one thing worthwhile to the world large net! (source roblox-cheats.com). Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

buy contextual links disse...

Please inform me it labored right? I dont want to sumit it once more if i should not have to! Either the weblog glitced out or i am an idiot, the second option doesnt shock me lol. thanks for an amazing blog! Anyway, in my language, there are usually not a lot good supply like this.

buy text ads disse...

Unbelievable submit! This could support a number of individuals find out about this matter. Do you need to incorporate video clips along with these? It could undoubtedly help out. Your purpose was spot on and owing to you; I most likely won't have to explain all the pieces to my pals. I can merely direct them here. Anyway, in my language, there will not be a lot good source like this.

contextual backlinks disse...

Took me time to learn all the comments, but I actually loved the article. It proved to be very helpful to me and I'm positive to all of the commenters here! It is all the time good when you cannot solely be told, but in addition engaged! I'm certain you had joy scripting this article. Anyway, in my language, there usually are not a lot good source like this.

contextual link building disse...

Great write-up, I am a big believer in commenting on blogs to assist the weblog writers know that they?ve added one thing worthwhile to the world large net! (source roblox-cheats.com). Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

contextual links disse...

Please inform me it labored right? I dont want to sumit it once more if i should not have to! Either the weblog glitced out or i am an idiot, the second option doesnt shock me lol. thanks for an amazing blog! Anyway, in my language, there are usually not a lot good supply like this.

text ads disse...

Wonderful learn, I simply handed this onto a colleague who was doing some research on that. And he actually purchased me lunch because I discovered it for him smile So let me rephrase that: Thanks for lunch! Anyway, in my language, there should not much good source like this.

text link disse...

Wonderful learn, I simply handed this onto a colleague who was doing some research on that. And he actually purchased me lunch because I discovered it for him smile So let me rephrase that: Thanks for lunch! Anyway, in my language, there should not much good source like this.

text links disse...

Wonderful learn, I simply handed this onto a colleague who was doing some research on that. And he actually purchased me lunch because I discovered it for him smile So let me rephrase that: Thanks for lunch! Anyway, in my language, there should not much good source like this.

buy contextual links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

buy text ads disse...

Howdy, i read your weblog occasionally and that i personal an identical one and i was just wondering should you get numerous spam feedback? If so how do you forestall it, any plugin or something you possibly can advise? I get a lot currently it's driving me mad so any help may be very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

buy text links disse...

Daniel, yea I can see what you did there. I actually favored that part, however hehe I'm not that harsh like my dad with these things. He always tells me crazy stories again within the day and calls me a loser. I guess it is time I transfer out of my parents' basement LOL. Aaanyways, what about you? what does your dad think xD" Anyway, in my language, there should not much good source like this.

contextual backlinks disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

contextual link building disse...

Howdy, i read your weblog occasionally and that i personal an identical one and i was just wondering should you get numerous spam feedback? If so how do you forestall it, any plugin or something you possibly can advise? I get a lot currently it's driving me mad so any help may be very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

contextual links disse...

Daniel, yea I can see what you did there. I actually favored that part, however hehe I'm not that harsh like my dad with these things. He always tells me crazy stories again within the day and calls me a loser. I guess it is time I transfer out of my parents' basement LOL. Aaanyways, what about you? what does your dad think xD" Anyway, in my language, there should not much good source like this.

sell text links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

text ads disse...

Howdy, i read your weblog occasionally and that i personal an identical one and i was just wondering should you get numerous spam feedback? If so how do you forestall it, any plugin or something you possibly can advise? I get a lot currently it's driving me mad so any help may be very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

text link disse...

Daniel, yea I can see what you did there. I actually favored that part, however hehe I'm not that harsh like my dad with these things. He always tells me crazy stories again within the day and calls me a loser. I guess it is time I transfer out of my parents' basement LOL. Aaanyways, what about you? what does your dad think xD" Anyway, in my language, there should not much good source like this.

text links disse...

Can I make a suggestion? I feel youve bought something good here. But what should you added a couple links to a web page that backs up what youre saying? Or possibly you would give us one thing to take a look at, one thing that may connect what youre saying to something tangible? Only a suggestion. Anyway, in my language, there aren't a lot good source like this.

buy contextual links disse...

Howdy, i read your weblog occasionally and that i personal an identical one and i was just wondering should you get numerous spam feedback? If so how do you forestall it, any plugin or something you possibly can advise? I get a lot currently it's driving me mad so any help may be very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

buy text ads disse...

Daniel, yea I can see what you did there. I actually favored that part, however hehe I'm not that harsh like my dad with these things. He always tells me crazy stories again within the day and calls me a loser. I guess it is time I transfer out of my parents' basement LOL. Aaanyways, what about you? what does your dad think xD" Anyway, in my language, there should not much good source like this.

contextual backlinks disse...

Howdy, i read your weblog occasionally and that i personal an identical one and i was just wondering should you get numerous spam feedback? If so how do you forestall it, any plugin or something you possibly can advise? I get a lot currently it's driving me mad so any help may be very a lot appreciated. Anyway, in my language, there aren't a lot good supply like this.

contextual link building disse...

Daniel, yea I can see what you did there. I actually favored that part, however hehe I'm not that harsh like my dad with these things. He always tells me crazy stories again within the day and calls me a loser. I guess it is time I transfer out of my parents' basement LOL. Aaanyways, what about you? what does your dad think xD" Anyway, in my language, there should not much good source like this.

gulf coast claims facility disse...

Hey cool blog, just questioning what anti-spam software you use for feedback because i get lots on my blog. Anyway, in my language, there should not much good supply like this.

gccf claims disse...

Took me time to learn all the comments, but I actually loved the article. It proved to be very helpful to me and I'm positive to all of the commenters here! It is all the time good when you cannot solely be told, but in addition engaged! I'm certain you had joy scripting this article. Anyway, in my language, there usually are not a lot good source like this.

bp claims process disse...

Can I make a suggestion? I think youve got something good here. But what if you happen to added a couple links to a page that backs up what youre saying? Or perhaps you could possibly give us something to take a look at, something that might join what youre saying to one thing tangible? Just a suggestion. Anyway, in my language, there will not be much good supply like this.

bp claims disse...

Great write-up, I'm an enormous believer in commenting on blogs to assist the blog writers know that they?ve added one thing worthwhile to the world wide net! (source roblox-cheats.com). Anyway, in my language, there will not be a lot good supply like this.