sábado, 27 de junho de 2015

A direita é mariquinhas pé-de-salsa


Como eu gostava de ter votado num referendo em 1991 sobre o Tratado de Maastricht, em 1999 sobre a adesão à moeda única, em 2008 sobre o Tratado de Lisboa, em 2011 sobre o Memorando de Entendimento, sobre o Tratado Orçamental...

6 comentários:

Anónimo disse...

Pois é, quem quer bons governantes elege-os !
Aí Tsipas !

JS disse...

Exactamente.

Anónimo disse...

A direita é como quem diz. Vamos lá a situarmo-nos que é para depois não virem dizer que foram enganados. Da auto-reçlamada esquerda é este fulano, do Partido dos Trabalhadores holandês (partido irmão do nosso PS), que diz o mesmo:

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=4648568

Anónimo disse...

Neste processo é impossível não se estar ao lado do Tsipras, é com orgulho que vejo nesta Europa de "escombros" gente como esta, todos os europeus deviam repudiar a agressão que está a ser feita à Grécia e ao povo Grego, ninguém decente pode estar do lado errado da história.

Antonio Cristovao disse...

Presumo que ainda vamos tirar muitos ensinamentos em tempo real e na hora sobre a desgraça do povo grego. Assim os jornalistas não tratem os leitores como retardados e lhes dêm as noticias já com a interpretação descodificada; tão ao gosto dos maravilhosos "experts" que pululam os media nacionais.

Nightwish disse...

Bom bom era haver um partido socialista e um partido social democrata no país...