sexta-feira, 17 de abril de 2009

Dois anos a pedalar

Este blogue nasceu a 17 de Abril de 2007. Obrigado aos leitores, aos comentadores e aos blogues que acharam que valia a pena discutir o que por aqui se ia dizendo. Vamos continuar a pedalar. Nunca se desiste. Relembro apenas o que escrevemos há dois anos atrás. Uma alteração: onde se lê economistas deve agora ler-se cientistas sociais e activistas de esquerda. De resto, não retiro uma vírgula ao que escrevemos a 17 de Abril de 2007. O que acham?

Os dilemas trágicos que os indivíduos têm de enfrentar em resultado da falta de recursos e de poder tornam-se visíveis num belo filme italiano a que este blogue roubou o nome. Não somos cineastas, mas economistas. Acreditamos que a economia, como o cinema, pode ser um ‘desporto de combate’. Temos partidos e ideologias diferentes e divergentes, mas convergimos no que hoje importa. Pleno emprego, serviços públicos, redistribuição da riqueza e do rendimento, controlo democrático da economia fazem parte do caminho que queremos percorrer. Recusamos e combatemos as 'evidências' e mitos que alimentam o actual consenso neoliberal. Acreditamos que o mercado sem fim é a ideologia transponível do nosso tempo. Mas uma coisa reconhecemos aos nossos adversários e a F. Hayek, o seu grande ideólogo: ‘nada é inevitável na existência social e só o pensamento faz que as coisas sejam o que são’. Este blogue é portanto um espaço de opinião de esquerda, socialista e que pretende desafiar o actual domínio da direita na luta das ideias. Pedalemos então!

8 comentários:

Wyrm disse...

E bem hajam!

Miguel Fabiana disse...

"Uma alteração: onde se lê economistas deve agora ler-se cientistas sociais e activistas de esquerda"

É por estas e por outras que tenho orgulho em pertencer à Esquerda Portuguesa, de ser Português e de viver em Portugal !


"nada é inevitável na existência social e só o pensamento faz que as coisas sejam o que são" - SUBSCREVO !


Coragem & Força !
Miguel

Miguel Fabiana disse...

...já agora:

tenho umas garrafas de verde (Alvarinho de Monção) que bem podiam ser usadas para uns brindes valentes ao Futuro! A semente está plantada, resta agora rega-la e cuidar do seu crescimento; uma coisa de cada vez e cada coisa a seu tempo...a árvore, um dia certamente, dará frutos!


Abraço,
Miguel

Mar Arável disse...

Pedalemos

na biciclete certa

Miguel Fabiana disse...

tens alguma que seja melhor que a minha bicla? é que a minha bicla é maior que a tua...

Dias disse...

Um brinde à saúde dos “Ladrões de Bicicletas”!
(Pode ser com o Alvarinho que é bem bom).

Daniel disse...

Viva! Além de um muito merecido gole do excelente vinho português, um brinde com a pinga aqui do Brasil (de Minas Gerais, que é a melhor!). Muito, muito mesmo da discussão de vocês ilumina o nosso parco debate. Tenho tentado divulgar o blog por aqui, para tentar elevar o nível do que se fala por essas bandas. Não sei se com muito sucesso, acho que não, mas enquanto vocês pedalarem, vou de carona. Obrigado pelo esforço de pensamento coletivo.

mdsol disse...

Muitos parabéns!
:)