sábado, 15 de fevereiro de 2014

Não há milagres



3 comentários:

D., H disse...

Tudo muito bem dito!
(o deputado PN Santos não rigorosamente nada a ver com os “socialistas” que mandam no PS e que aparecem na comunicação social)

O emprego líquido afinal aconteceu graças ao Estado (o tal papão); quanto às exportações, as estatísticas não enganam…

Mas pelas últimas sondagens, as pessoas estão aparentemente satisfeitas com o governo e com o PS. Tudo na mesma, como antes… Que lindo, o enterro “democrático” que vamos ter!

Jose disse...

«É o empobrecimento que justifica o equilíbrio...»

Nada mais equilibrado que um pobre deixar de viver como se fosse rico e passar a viver segundo a sua condição.

Aplaudo sem resevas a lucidez e realismo dessa afirmação.

Jose disse...

2011!
Que ano extraordinário!
Tanto emprego, tantos benefícios sociais, que belas pensões!

A maldade deste governo que em vez de distribuir os milhões recebidos reduziu o país à miséria!

Abril sempre!
Haja quem pague...