quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Comentários

Infelizmente, as circunstâncias obrigam-nos a “moderar” os comentários. Estamos certos que a maioria, que usa as caixas de comentários para debater, compreenderá esta decisão.

9 comentários:

Nostragallus disse...

Eu compreendo e apoio.

Lowlander disse...

Ja nao era sem tempo! Nao e que eu por aqui discuta muito, mas gosto de seguir as ocasionais discussoes racionais. Impossivel, ultimamente.
De resto, permitam-me os donos do blog a pequena farpa ironica: curioso que tenham demorado tanto tempo a detectar a disfuncionalidade de uma caixa de comentarios desregulada.

poor guy fashion victim disse...

Muito bem. Penso que não deixei nunca nenhum comentário, mas sendo leitor diário do vosso blog a situação da "anormalidade cognitiva" que não deve ter mais nada para fazer, e que pelas caixa de comentários escarrava as suas alarvidades, já se estava a tornar insuoportável.

Continuem o bom trabalho.

adão contreiras disse...

Acabar com o "entretenimento" abusivo de alguns é salutar, se é que não há outras intenções obscuras por detrás? Não se pode gastar energias com "Chicos da tasca", já nos bastam os que a toda a hora estão nas televisões.

Maquiavel disse...

Apoiado!

Lowlander, foi o tempo dos grunhos ABUSAREM da confiança.
Ainda demorou o seu tempo! :D

João Carlos Graça disse...

Olá pessoal
Também a mim a vossa decisão parece super-razoável, é claro.
Já agora, gostaria de lembrar que ela evoca a célebre máxima rousseauniana do "obrigar a ser livres", com a qual toda a uma enorme linhagem anti-jacobina de comentário político gosta, como se sabe, de fazer muita chacota...
Mas não é que, vai-se a ver, o JJ tinha mesmo razão? De facto, para manter um ambiente institucional saudável, em que a liberdade possa ser exercida - até mesmo para isso - é necessário por vezes recorrer a medidas que por definição são limitadoras da tal liberdade, o que de algum modo sugere um paradoxo, "invertendo" os termos da discussão.
"Curioso" problema - se me é permitido recorrer o famoso adjectivo "mota-amaralesco"...
Corolário incontornável: esta nova situação, por permitir o exercício de decisões discricionárias por parte dos "moderadores", politiza o debate em sentido amplo, isto é, permite/obriga a tomada de decisões "no vazio", sem que haja um algoritmo decisório explícito que se tratasse de meramente "aplicar" aos casos concretos. Assim, fica implicitamente recomendada também muita moderação no uso da tal faculdade "moderadora".
Para bom entendedor...

José M. Sousa disse...

Apoiado!

Pedro Veiga disse...

Apoiado!
Eu que sou vosso leitor quase diário já estava a ficar cansado do baixo nível de muitos dos comentários!

Xa2 disse...

... concordo.
A Democracia tem de Defender-se, perante 'ataques muito baixos' de quem não é democrata nem cidadão respeitador da Liberdade (dos outros, para que eles também o respeitem)!
P'rós meus lados (um blog muito 'pequeno') ainda é possível manter os 'comentários' não moderados...