segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Ponham-se finos

O Ministro das Finanças irlandês avisa que sem uma redução significativa do fardo da dívida as novas regras europeias não serão aprovadas em referendo. Cada um usa as armas que pode, menos em Portugal onde negociar com credores é de mau tom, coisa para populistas, sei lá. Quando olhamos para um gráfico com a evolução do PIB e do PNB irlandeses - a diferença deve-se, fundamentalmente, aos rendimentos que as multinacionais transferem para o exterior - percebe-se bem a atitude irlandesa: a recuperação austeritária só existe na imaginação de elites tão subalternas quanto ignorantes (via Paul Krugman). Como é que se diz ponham-se finos em inglês?

2 comentários:

Kirk disse...

Irlandês a falar para a dama de ferro (Sra. M.):
PUT YOURSELF REFINED, BLOODY BASTARDS!!

Fernando Teixeira disse...

Este país com este ministro tem que se pôr mesmo de fino a continuar com este marasmo.
É impossível aguentar com esta recepção e sem interesse baixar desemprego.
Acho até, muito perigoso para o nosso governo, como também para a Europa.
Assim, façam o favor também de se porém finos, com esta inércia, na oposição ao governo.