quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

O Mali aqui tão perto?



“O sobreendividamento dos anos 1970 serviu de justificação para impor ao Mali uma reestruturação da dívida. Esta reestruturação foi condicionada a planos de ajustamento assassinos que impuseram a austeridade na despesa pública, privatizações e liberalização excessiva durante os anos 1990 e 2000. A França sempre apoiou esta política predadora, mantendo  este país sob a tutela monetária do Franco CFA, com as suas desvalorizações a serem decididas em Paris.”

De um recomendável dossier sobre a intervenção francesa no Mali.

1 comentário:

Tomás disse...

fantástico como grandes potências vivem à custa do asfixiamento dos pequenos... é o mundo em que vivemos.