terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Em 2011 logo se verá...

O economista político Geoffrey Underhill, num momento de raro pluralismo no vox, o sítio da ortodoxia económica, analisa a União Europeia à luz da acentuação da instabilidade financeira e da redução da margem de manobra da generalidade dos governos associadas aos processos de abertura aos mercados financeiros globais, defendendo que o actual modelo de integração europeia fez precisamente parte de uma aventura financeira cada vez mais liberal, prescindindo de uma arquitectura institucional capaz de limitar e disciplinar os mercados. A aceleração da integração europeia coincidiu com o ponto alto do romance da liberalização financeira. O sistema europeu de regras económicas foi forjado no pressuposto de que o governo é sempre o problema. Um certo governo, claro. O ajustamento é agora imposto aos mais fracos, ao mesmo tempo que as soluções de política económica à escala europeia estão bloqueadas pelos défices de legitimidade democrática e pelos desacordos políticos gerados pelas assimetrias da integração e dos impactos da crise. “Não é ainda claro que a Zona Euro sobreviva”. Pois não.

4 comentários:

Rick disse...

Logo isso quer dizer que andamos vários anos a remar contra a maré europeia neoliberal ao termos(como Espanha)um governo «socialista»!
Por outro lado temos uma enorme contradição no próprio partido «socialista» que é meter politicas neoliberais ao barulho com o socialismo.
Era para rir se não fosse trágico.
Agora era muito útil uma wikileaks que revelasse os segredos de Bilderberg,o clube dos ricos onde andaram Barroso e Socrates antes de estarem onde estão agora!

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Tá na laethanta saoire thart-Cruáil an tsaoil disse...

é mais para 2012
se a união europeia voltará às suas origens e se tornará mais compacta

roskoff disse...

além de ladrões PARANÓICOS