sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Dez anos, dez mil


No final de julho, a página do facebook do Ladrões atingiu os 10 mil seguidores (e um novo máximo, no mês, de cerca de 153 mil visualizações). Ou seja, em dez anos de blogue, uma média anual de mil novos seguidores. Obrigado a todos os que nos acompanham.

10 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns e em frente.

Mesmo que tenham que enfrentar trolls montados em pilecas,
aturar mesquinhices e insultos, ouvir raivas e impropérios, manifestações pouco civilizadas de saudosos do colonialismo e do cavaquismo, viúvos de Passos ou de Portas.

jose magalhaes disse...

Parabéns pelo feito e continuem a dar ao pedal nas bicicletas que são vossas e nossas.

manuelpereirabarros Meira disse...

Um bom artigo,que apoio na totalidade.
Um abraço e,coragem !!!

Jose disse...

Toda a estatística tem suas reservas.

Com a lenta publicação de post e lenta publicação de comentários o número de visualizações por efeito útil só pode aumentar.

Anónimo disse...

Brilhante, herr jose, brilhante,

Só falta dizer que é propositado. E verificar se a rega do quintal ( às vezes é pomar) está conforme aos tempos livres do dono da pileca e do seu conforto com esta

Porque este é um dado preocupante para os joses mais ou menos desta terra. E a preocupação só pode aumentar

Anónimo disse...

Parabéns e continuem.

Fica por perceber o "efeito útil" que faz aumentar o número de visualizações. Se agravarem a denominada lenta publicação de posts e lenta publicação de comentários então o efeito útil ainda será maior?
Se publicarem apenas um post por mês as estatísticas disparam. A fazer lembrar o slogan lento do PSD sobre hoje muitos e amanhã milhões?

Jose disse...

Vou escrever devagarinho...

Se tenho por hábito visitar um blog todos os dias, se em dois dias nada se altera, nem posts nem comentários, há duas visualizações sem qualquer efeito útil, mera verificação de que no pasa nada.

Anónimo disse...

Ahahah.

Esperem. Isto nao é verdade.

O efeito útil é função directa do umbigo do jose. Este vem cá em dois dias seguidos. E vem carpir feito coitadinho pelo seu efeito inútil. Que se reflecte nas estatísticas claro está, algo que o deixa apreensivo como se vê.

Mas se existissem novos posts mais pessoas acorreriam a lê-los e a comentá-los. Incrementando assim muito significativamente as estatísticas.

Até à custa do pobre coitado que se lamuria. Ele até esquece que há formas de se saber se há novos posta sem necessidade de abrir o site

Anónimo disse...

O comentário de jose merece três notas breves e uma pergunta de espanto:

- Há um incómodo notório por parte da ala mais à direita da nossa sociedade para com blogues deste tipo. A coisa agrava-se se tais blogues tiverem audiência e se esta for crescente.

- Há uma ignorância surpreendente na forma como são contabilizadas as visitas a este blog. Mais surpreendentemente no entanto é a narrativa que esquece que Nuno Serra fala nos 10 000 novos seguidores no Facebook, uma média anual de mil novos seguidores.
O que como se sabe não tem rigorosamente nada a ver com a inquietação de Jose para ir ver que "no pasa nada". As lamúrias são o que são mas estas nem devagarinho escritas nem muito devagarinho. São apenas patetices

- Ao incómodo pela existência de blogs como o LdB junta-se um outro incómodo que dificilmente passa despercebido. A pressa que tem este sujeito para que os seus comentários apareçam velozes. Se esta queixa de jose se vai tornando a cada dia que passa mais sonora, já o mesmo não se passa do motivo pelo qual jose se mostra tão inquieto e tão perturbado por algo comum em período de férias-

A pergunta que surge em forma de admiração é a seguinte:

Como é possível que alguém, que se queixa das idas debalde ao blog e do seu efeito útil e nas estatísticas mandadas para as reservas, tenha sido escolhido pelos seus pares como perito patronal?

O mal deve ser dos seus pares. Tem que ser dos seus pares. E aí mais uma vez as estatísticas são inequívocas, para infelicidade do próprio jose e das suas reservas estatisticas. Estas demonstram a mediocridade do nosso tecido empresarial, que se reflecte não surpreendentemente nos seus "peritos" .

E adivinha-se como eram pagos tais "peritos"

Nuno Serra disse...

Caro Anónimo das 18h13,
Agradecendo os seus comentários, há uma precisão que é preciso fazer e que pode dar alguma razão ao José: a média de mil seguidores por ano no facebook não é factual. Para o ser, a página dos Ladrões nessa rede social teria que ter sido criada em 2007, o que não é o caso.
Ou seja, sendo posterior a 2010, a página do LdB no facebook tem na verdade uma média superior a mil novos seguidores por ano.
Um abraço