sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Pela transparência fiscal

«A transparência fiscal é um instrumento fundamental na Democracia. É um direito nosso enquanto contribuintes, eleitores e cidadãos. Mas a transparência fiscal neste domínio preciso é também um dever do Estado. (...) O Governo, que, em nome da austeridade, tem aumentado fortemente a carga fiscal sobre os cidadãos nos últimos meses e que tem garantido que será implacável no combate à fraude e evasão fiscais, não pode continuar a violar, por omissão, uma das regras de transparência previstas no próprio Orçamento do Estado».

Do texto da Petição pela transparência nos benefícios fiscais, que se encontra disponível para subscrição e que solicita ao governo «a publicação integral da lista de contribuintes sujeitos passivos de IRC que, em 2010, usufruíram de benefícios fiscais».

3 comentários:

βασιλιά της Τροίας disse...

uma gota de água...

um oceano inteiro já foi gasto e redistribuido por contas numeradas

se conseguissem fazer uma responsabilização pelos gastos e derrapagens várias

ou abrissem processos expeditos contra tanta empresa autarquia e Tecnovia que fizeram negócios ruinosos (para os restantes) e nem meteram os materiais que apareciam nos projectos

(é que meter 20 mil tones de gravilha num troço de 5 kilómetros é obra
dá 4 tones por metro
a 3tones o metro cúbico

dá para 4 metros quadrados de estrada
4x1 ainda uns decímetros valentes

mas sim a fiscalidade e tal
esse é qué o sendero luminoso...

O sofrologista católico disse...

Não percebo porque é que é apenas transparência dos benefícios fiscais. A transparencia fiscal total com a publicitização total dos rendimentos e impostos pagos devia ser de lei. O dinheiro de cada um não é um elemento de privacidade pessoal. Olhem para a Suécia onde os dados relativos à privacidade são de um protecção total mas em que tudo o que diga respeito a impostos é totalmente público.

LOUVA A GREVE PERMANENTE EM DEUS disse...

Sim o dono da IKEA paga os impostos em que paraíso fiscal?

Como é que se apuram todos os rendimentos?

Aqueles que ganharam os 62 milhões no euromilhões há uns anos gastaram uns cobres em armazéns em Mercedes e em terrenos vários

transformaram 62 milhões após 4 anos em quê?

qual o rendimento quais as mais valias que tiveram?

é como aquele terreno comprado por 1 milhão e abalizado por 42 milhões de Limas

Soares declarou em 1986 ou em 91?
4 milhões de contos creio
quantos tinha em 71

quanto pagou de mais valias

Lima Duarte passou de 100 contos para 60 milhões de (euros=12 milhões de neo-contos?) créditos vários

Onde é que está online a fortunazinha dos restantes sobas?

é que Isaltino com 300 mil euros no UBS (e com estatuária comemorativa do concelho de 1,5 milhões) é um caso menor

3 ou 4mil tones de sucata
são 1 milhão a 2 milhões de euros
dependendo do teor em não ferrosos

só em pópós foram abatidos
5 milhões de toneladas de sucata e plástico nas 2 últimas décadas

já para não falar de centos de kilómetros de renovação de carris


centos de milhares de tones em arqueação bruta
equipamento militar para museus

centos de milhares de hectares que mudaram de mãos na década de 80

contabilizar todos os ganhos em cafés

ou em discotecas a 10mil por fim-de-semana e com vendas de drogas leves do dobro?

o dinheiro de cada um até pode estar em barras de 12 quilos

ou em quadros de meio-milhão

ou em 150 mil hectares numas fincas nas pampas argentinas

e nuns apartamentos em Buenos Aires ou na côte d'azur

felizmente que Mora só deu 27000 euros aos 23 bebés
olha se começam a dar dinheiro aos peixes que nascem no fluviário...pois sofro logista da Beethoven