segunda-feira, 27 de julho de 2009

Na Faculdade de Economia da Universidade Católica lêem-se encíclicas papais?


“A actividade económica não pode resolver todos os problemas sociais através da simples extensão da lógica mercantil. Esta há-de ter como finalidade a prossecução do bem comum, do qual se deve ocupar também e sobretudo a comunidade política. Por isso, tenha-se presente que é causa de graves desequilíbrios separar o agir económico — ao qual competiria apenas produzir riqueza — do agir político, cuja função seria buscar a justiça através da redistribuição”.


CARTA ENCÍCLICA, CARITAS IN VERITATE,

DO SUMO PONTÍFICE BENTO XVI

AOS BISPOS AOS PRESBÍTEROS E DIÁCONOS,

ÀS PESSOAS CONSAGRADAS, AOS FIÉIS LEIGOS

E A TODOS OS HOMENS DE BOA VONTADE

SOBRE O DESENVOLVIMENTO HUMANO INTEGRAL NA CARIDADE E NA VERDADE

22 comentários:

Miguel Fabiana disse...

Pois...

...TODOS/AS os/as Economistas que de lá saem, têm que estudar e passar a exame a uma cadeira que basicamente são 12 ENCÍCLICAS PAPAIS !!!

Segundo consta, é uma das melhores faculdades de economia de Portugal...

Anónimo disse...

Como é que essa doutrina vai chegar ao BCP, conhecido banco dominado pela Opus Dei ??

Helena Romão disse...

Em 92 um dos livros de leitura obrigatória para os exames de entrada era uma Encíclica (faço questão de não me lembrar qual...) de João Paulo II.

Anónimo disse...

«Já pensaram na pachorra que é preciso para ser Deus? Lidar com toda a humanidade ao mesmo tempo deve ser horrível. É que Deus tem de conviver com todo o tipo de pessoas. Neste caso é mesmo todo o tipo de pessoas. Não há dúvida que Deus tem de ser Deus só para conseguir suportar ser Deus» (João César das Neves, DN 22/9/2008).

«(...) no encontro da Associação Cristã de Empresários e Gestores de Empresas (ACEGE), (...) falando concretamente do caso nacional, César das Neves considera que a actual crise financeira internacional deveria afectar Portugal “com mais violência”, para estimular a economia. “Era importante ter uma coisinha um bocadinho mais violenta em Portugal para ver se a economia acorda, embora os custos sejam grandes».

(João César das Neves, "Público", 23/10/08)

Francisco Oneto

Anónimo disse...

Na Faculdade de Economia da Universidade Católica já NÃO se lêem as encíclicas papais... enfim...

Existiu de facto uma cadeira obrigatória do último ano em que era suposto ler-se as encíclicas papais, mas os alunos que entraram a partir de 2000 deixaram de ser obrigados a ter essa cadeira...

pelos vistos tudo evolui, menos alguns comentários...

Filipe Melo Sousa disse...

O marxismo é a continuação laicizada da doutrina judaico-cristã.

Anónimo disse...

"A Faculdade de Economia da Universuidade Católica" uma das melhores de Portugal.??
Claro, é a primeira a contar do Fim.
Presunção e água benta cada um toma a que quer.

Anónimo disse...

Não se enquadra muito aqui mas não posso resistir.!
Gostaria era que o tal João César das Neves, levasse com a crise toda em cima da mona que é para não estar sempre armado ao pingarelho.
O fulano já irrita com a mania que percebe de tudo lá por causa de ser professor de economia ou lá o que é.!
Foram fulanos como ele, muito sabichões, tipo António Borges do PSD, que levaram ao descalabro total a que se assiste.
Depois ainda têm o descaramento de vir rogar pragas ás pessoas.! Que lhe caiam em cima e em peso que depois quero ver!.

Miguel Fabiana disse...

...tenho uma dificuldade enorme em debater com Anónimos... uma das muitas minhas falhas!

Nunca estudei na UCP... Graças a Deus; estou casado com uma Economista que estudou lá... a rapariga tem 36 anos e eu 41 ! Fiz um MBA, o ano passado, mas não foi lá... estudei Engenharia Mecânica no IST: sou um operário especializado e por isso pouco percebo de ciências sociais e ainda menos de cursos de economia... coisas de proletariado!

alexandre disse...

Os comentadores anonimos da Catolica sao mais ferozes que a Ordem dos Templarios armada ate' aos dentes frente a um campo cheio de mouros infieis. No entanto, o texto dos Ladroes nao se refere ao que o Miguel e a Anonima debatem. Nada melhor do que nao perceber um argumento para o contrariar.

Bem, pelo que parece, a Universidade Catolica continua a ter Catolica no nome possivelmente so por motivos historicos, assim como o Socialismo no Prologo da Constituicao Vigente em Portugal. Eu sou ateu...

A meu ver, o uso do termo "Catolica" e' semelhante, no caso da Universidade, ao uso do termo Sporting ou Benfica, nos clubes da bola. E' um termo usado em tom clubistico, sem significado semantico, somente para se criarem Lobbies, grupos de influencia politica e corrupcao. E' um termo usado sem qualquer tipo de conviccao, respeito ou consideracao pela Instituicao que dizem representar.

Considero repugnante ver o estado a que chegou a Universidade Catolica. Mas e' a vida, nada que eu nao esperasse da Direita Conservadora Portugesa que sempre usou a religiao maquiavelicamente para alcancar os seus objectivos politcos e corporativos.

Mas depois quando chega ao ponto de praticar a religiao, rabinho entre as pernas e toca a negar tudo armado em cidadao Laico.

Ter orgulho na Universidade onde se estudou e' tao ridiculo como ter orgulho de se ser branco, ou do Benfica, ou do Sporting.

Anónimo disse...

Afinal, qual é o problema com a universidade Católica? è uma universidade privada( ou o publica privado o que já é susceptível de mais analise) como varias outras.
è considerada por muitos a par da Nova a Melhor faculdade de Economia do Páis ( alias têm um mestrado em conjunto)
Os seus professores não são bispos nem padres mas economistas credenciados.
Nas aulas fala-se de economia e não de religião.
Será que consideram a faculdade só por ter a ver com a designaçao " Católica" de ser só para meninos ricos de direita? è que tb há meninos ricos de direita ( e meninos muito ricos de esquerda) noutras faculdades.
Será que a teoria economica ensinada na catolica é "facista" do tempo do cardeal cerejeira? não me parece, è a mesma das outras faculdades.

Quer dizer, por ser uma faculdade Católica tem logo de ser submissa a religião... e se fosse a faculdade de èvora teriam todos os alunos de ser comunistas..

A faculdade é um local onde se estuda. Claro que interessa o prestigio da faculdade ( quem me dera ter estudado em harvard ou noutra equivalente), mas sobretudo interessam os conteudos que se adquirem. Não se deve defender uma faculdade só porque se estudou nela, tal como não se deve criticar sem conhecimento de causa.

alexandre disse...

Oh Anonima,

Falando modestamente, recomendo-lhe Psicanalise. Vejo que tem uns quantos traumas a resolver.
Olhe que ninguem se referiu ao que expoe com tanta revolta e indignacao. A Anonima comenta em tom de resposta a criticas que nao foram elaboradas. Ou se enganou no blog, ou nao sabe ler, ou algo esta mal.

Anónimo disse...

Oh meu Deus! Este Alexandre deve ser mais um "economista", acreditado pela ordem, com uma licenciatura em gestão de organizações sem fins lucrativos da Universidade do Algarve.

Rapazola, deixa-te de merdas e se quiseres ser sério lê o ranking das unidades de investigação de economia em Portugal ou olha para o corpo docente da faculdade em questão e analisa a qualidade da produção científica.

E já que toda a gente está numa de opinar sobre a competência científica do César das Neves, devo relembrar que os artigos que este escreve não são avaliados por labregos como vocês, mas pelos seus pares, economistas de relevância internacional, e que por eles criticariam (e rejeitariam) publicações até do Papa se este não tivesse qualidade necessária. Devo dizer ainda que neste crivo, típico de qualquer disciplina científica, o César das Neves tem um currículo académico superior a qualquer um dos autores deste blogue, venerado por tantas beatas que por aqui cirandam.

alexandre disse...

Eu so tenho a 4a classe.

Anónimo disse...

isso é óbvio pelos seus comentários

alexandre disse...

Escola Primaria publica numero 2 de Viseu, considerada entre as 10 melhores da regiao do centro, no ranking da altura, agora nao sei onde se encontra.

Anónimo disse...

Ok...vamos tentar repetir...isso que tem a escola primária é óbvio pelos seus comentários. Não precisa de reiterar.

Mas se tivesse alguma coisa interessante para dizer, para além dessa conversa ranhosa, já se teria informado sobre a construção desses rankings (os que enumerei são um pequeno exemplo, mas há mais). A última comparação e avaliação realizada para institutos de investigação de economia data de 2009 e os rankings de economistas resultam da ponderação das publicações realizadas em revistas científicas relevantes, i.e, com elevado factor de impacto na profissão (avaliado por exemplo em citações ou variabilidade da especificidade de jornais).

Podia ainda indicar estudos (também revistos por pares) sobre essas mesmas metodologias. Mas para quê? É melhor deixar a avaliação das universidades e do respectivo corpo docente à sua perspicaz sensibilidade e douto conhecimento. Podemos ser sempre brindados com mais uma bela e original metáfora futebolística - que sempre aqui fazem falta.

alexandre disse...

Eu nunca me referi a nada do que fala. Nao sei porque se dirige a mim. Recomendo-lhe com todo o respeito um psicanalista porque a psicanalise se dedica ao tratamento de traumas, como o que o(a) senhor(a) expressa aqui em tempo real e on-line, atraves da analise da linguagem.
Para alem disso, eu nao percebo nada disso dos jornais cientificos e dos pares, eu e' mais a bola, o record e os classificados para ver se arranjo um emprego depois de me terem despedido da empresa de construcao civil la em Madrid, onde trabalhava por nao ter trabalho ca em Portugal.
Certamente nao se esta a dirigir a mim e esta a transferir o sujeito principal dos seus traumas para a minha pessoa.
Sinto muito Sotor(a). Com muito respeito, boa noite.

Metelo disse...

Parece entao que ja nao se leem, mas ate nao era nada mau que se lessem!

Miguel Fabiana disse...

Metelo,

...isso e pagar missas para agradecer os bons resultados financeiros nas empresas (Carlos Horta e Costa nos CTT) e depois... acabar como arguido apontados pela Polícia Judiciária.

Graças a Deus!

Miguel

Zé Miranda disse...

Penso que os 20 comentários falharam completamente a discussão que quem escreveu este post pretendia iniciar.

Eu achei interessantissimo o tema e respondi no blogue para o qual contribuo

http://profundaignorancia.blogspot.com/2009/08/resposta-um-ladrao-de-bicicletas.html

Luis Gaspar disse...

:)